Como funciona o licenciamento do Windows Server?

Antigamente, nas versões mais antigas do Windows Server (como o Windows Server 2012), era necessário adquirir licenças com base no número de processadores do servidor. 

Porém, com o lançamento do Windows Server 2016 — e também agora no Windows Server 2019 — a Microsoft alterou o modelo para o licenciamento por núcleos (cores). Ou seja, é preciso ter em mente todos os núcleos do servidor físico, considerando todos os soquetes instalados.

A licença é comercializada em pacotes de núcleos denominados SKU (Stock Keeping Unit), e cada um desses pacotes permite licenciar 2 núcleos. Vale ressaltar que é necessário adquirir no mínimo 8 SKUs, mesmo se a quantidade de núcleos do seu servidor for menor que 16.

Exemplificando:

  • 1 servidor com 2 processadores de 4 núcleos cada = 8 SKUs
  • 1 servidor com 1 processador de 12 núcleos = 8 SKUs
  • 1 servidor com 2 processadores de 10 núcleos cada = 10 SKUs

Além da licença do Windows Server, deve-se considerar a quantidade de usuários ou dispositivos que irá acessar o servidor — para cada um deles é necessário adquirir uma Windows Server CAL (Client Access License), que serve para homologar o ambiente e garantir o acesso ao servidor.

Edições do Windows Server 2019

O Windows Server 2019 é comercializado em três edições:

  • Datacenter: ideal para datacenters e ambientes de nuvem com alta virtualização
  • Standard: ideal para ambientes físicos com virtualização mínima
  • Essentials: uma edição especial para pequenas empresas com até 25 usuários e 50 dispositivos. Nela, o licenciamento é feito por uma licença de servidor (não baseada em núcleos) e não é necessário adquirir CALs.

A grande diferença das edições Datacenter e Standard, como já foi mencionado, está nos recursos de virtualização. A edição Datacenter possui Máquinas Virtuais (VMs) blindadas, rede definida por software e armazenamento definido por software, além de incluir permissões ilimitadas para VMs. Já a edição Standard não possui esses recursos, além de incluir permissão para apenas duas VMs.

É possível adquirir versões antigas do Windows Server?

A única edição comercializada atualmente é o Windows Server 2019, porém é possível realizar o downgrade para versões anteriores depois de adquiri-la. É importante lembrar que ainda assim as regras para o licenciamento serão as mesmas para o Windows Server 2019.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Já está indo embora?😱
Faça uma cotação do seu Antivírus para Empresa  🎉

Fale Agora com Nossa Equipe! Respondemos de forma rápida e eficiente!

× Whatsapp