5 riscos do uso de um software sem licença original

A Business Software Alliance (BSA), organização que representa fabricantes de software, realizou uma pesquisa que revela números assustadores quando o assunto é pirataria. Segundo o estudo, quase 50% dos programas instalados em computadores no Brasil são ilegais, o que representa um valor comercial de R$ 1,7 bilhões.

A justificativa para a compra de softwares sem licença original costuma ser sempre a mesma: o valor bem abaixo do mercado. Porém, a pesquisa da BSA também mostrou que os custos para lidar com malware causado pelo download de software ilegal podem chegar a R$ 10 mil por máquina. Assim, quando passamos para o ramo corporativo, a proporção de danos é ainda maior.

Além dos enormes prejuízos financeiros, há muitos outros riscos para empresas que optam pelo uso de softwares sem licença original. Listamos cinco deles para que você entenda a dimensão do perigo.

Desatualização

Os programas corporativos são complexos e constituídos por um grande número de códigos. Sendo assim, a necessidade de melhorias e correções após o lançamento também é proporcional. Os softwares piratas não conseguem receber as atualizações realizadas pelos fabricantes, e isso se torna um grande problema, já que é preciso corrigir falhas que eventualmente surgem devido a complexidade dos sistemas.

Quando erros não são reparados, a máquina não combate eventuais vulnerabilidades, determinadas funções tornam-se incompatíveis e ainda há o risco do programa entregar resultados errados, o que afeta a qualidade do serviço da empresa.

Problemas com a Justiça

Pode até parecer uma coisa boba do tipo que ninguém acredita que possa dar algum problema já que “todo mundo faz”. Mas, a realidade é que você está fomentando o mercado ilegal quando compra um software sem licença original. 

Essa prática se enquadra na Lei de Direitos Autorais, o que pode levar a empresa à Justiça e receber dupla punição: indenização e prisão do responsável pelo crime. No caso de uma corporação, aquele que responde pelo negócio ou pelo departamento de tecnologia da informação será o responsável.

Rede vulnerável

Segundo o International Data Corporation (IDC), um em cada três softwares ilegais tem malware oculto. Malware é a abreviação de “malicious software”, cuja tradução é “software malicioso”, e se refere a um tipo de programa desenvolvido para infectar computadores e prejudicá-los de diversas formas.

Quando um malware se instala na máquina, tem o poder de roubar dados e informações confidenciais da empresa, além de ser capaz de apagar outros programas e causar sérios danos aos computadores infectados, já que torna a rede vulnerável a ataques.

Baixa performance

Um programa pirata é alterado para ignorar tentativas de verificação de autenticação. Esse processo de modificação do código-fonte de um software pode diminuir a sua performance. Consequentemente, as empresas que utilizam sistemas ilegais passam a ter soluções de baixo desempenho.

Como os softwares com licença original recebem atualizações e correções de bugs com frequência, as chances de um problema como esse é muito menor, o que leva também a um menor índice de erros por parte da empresa.

A baixa performance, além de diminuir o desempenho da máquina, ainda faz o empreendimento perder competitividade no mercado, já que utiliza um programa que não corresponde às suas necessidades e o leva a diminuir a qualidade do serviço prestado.

Não conta com assistência 

Caso o software corporativo seja vítima de roubo de dados, perda de conteúdos ou outros problemas com origem no programa pirata, não há como chamar a equipe de assistência do fabricante para pedir suporte. 

Quando o software é adquirido com licença original, na maioria das vezes conta com a disposição de atendimento especializado da desenvolvedora. Assim, é possível tirar dúvidas e pedir auxílio da assistência sempre que necessário. Isso se torna ainda mais imprescindível em caso de empresas que utilizam soluções complexas.

Garanta o melhor para sua empresa

Sempre que for adquirir qualquer ferramenta de segurança, busque um parceiro oficial da marca. É realmente muito fácil encontrar licenças por valores mais baixos pela internet, mas as chances delas não serem originais são muito grandes. Por isso, esteja atento(a) a isso para que não vire um problema ainda maior.

A Avant Services é uma parceira oficial da Microsoft e de grandes serviços de segurança, como Safetica, Kaspersky e Bitdefender. Aqui, garantimos licenças originais, além de todo o suporte que sua empresa precisa.

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
× Whatsapp