Outubro Rosa: é possível se proteger do câncer de mama?

Você sabia que o lacinho do Outubro Rosa pode salvar sua vida ou a vida de alguém que você ama?

Todos conhecemos o famoso lacinho rosa que aparece nas roupas, nas propagandas e até mesmo nos perfis de mídias sociais durante o mês de Outubro. A maioria sabe que esse lacinho é o símbolo da campanha de conscientização do câncer de mama. O que quase ninguém entende é a origem dessa campanha e, principalmente, seus objetivos. 

Uma (bem) breve história da campanha do Outubro Rosa 

A campanha surgiu por volta de 1990, com o objetivo de educar e conscientizar mulheres e familiares acerca da importância da prevenção do Câncer de Mama. 

Esse objetivo, em princípio, era atingido através da difusão de informações sobre a doença, as formas de prevenção e a importância da observação dos principais sinais que possam indicar um câncer de mama.

Pouco a pouco o movimento foi ganhando espaço e se estendeu à formação de comunidades de apoio, facilitação de acesso aos serviços de diagnósticos e tratamento, além de incentivo a pesquisas e estudos acerca da doença.

O aumento desses estudos também levou a importantes descobertas no que diz respeito à prevenção. Destacamos algumas delas a seguir:

1. Antecipação como fator chave 

Como qualquer ser humano, evitamos pensar que coisas ruins podem acontecer conosco.  É mais agradável, menos incômodo, simplesmente se acomodar com a ideia de que tudo sempre sairá como o esperado e que nada de ruim acontecerá em nossa empresa, com nossa família, ou até mesmo com nossa saúde.

Fingir que você não está exposto ao risco ou que com você nunca vai acontecer definitivamente te colocará em desvantagem. 

Trazendo para nossa experiência, diariamente, aqui da Avant, atendemos dezenas de empresas que buscam aumentar sua segurança interna contra ataques: algumas nos procuram porque já sofreram imensos prejuízos e querem evitar repetir a experiência, outras desejam estar um passo à frente da ameaça para ter a chance de se poupar ou reduzir ao mínimo possível esses prejuízos e traumas. É por isso que podemos afirmar, sem a menor dúvida, que a antecipação é fator essencial quando o tema é proteção.

No que diz respeito ao câncer de mama, um compilado de estudos realizados entre 2017 e 2021 nas bases de dados da Scientific  Eletronic  Library  Online (SCIELO), Biblioteca Virtual  em  Saúde  (BVS) e Medical  Literature  Analysis  and  Retrieval  System  Online (MEDLINE) a partir das palavras “câncer de mama”, “diagnóstico precoce” e “mortalidade”  concluiu que, quando descoberta no início, a doença tem 95% de chances de cura. 

Esses mesmos estudos apontaram que, mesmo os imensos avanços tecnológicos no tratamento não reduzem a taxa de mortalidade de maneira tão impressionante quanto o diagnóstico nas fases iniciais, o que faz do diagnóstico precoce a estratégia mais eficaz contra a doença. 

2. Importância dos exames preventivos

Existem duas principais maneiras que podem te ajudar a descobrir a doença logo no início e com maiores chances de cura: o autoexame e a mamografia. 

O autoexame, embora não forneça nenhum tipo de diagnóstico da doença e não seja recomendado como exame oficial, ajuda a mulher a conhecer o próprio corpo e a adotar uma postura atenta em relação a possíveis alterações na mama que a levem a investigar com maior precisão através de exames médicos.

O indicado é que todas as mulheres acima de 35 anos, sem casos da doença na família, realizem o autoexame com periodicidade mensal. O passo a passo de sua realização é a observação em frente ao espelho com o apalpamento em pé e, posteriormente, deitada. Em havendo a identificação de qualquer alteração suspeita na mama, a recomendação é a busca por auxílio médico para realização de exames diagnósticos. 

A Mamografia, por sua vez, é o método oficial e mais efetivo para identificar o câncer de mama, devendo ser realizado anualmente tanto pelas mulheres com mais de 40 anos sem casos na família, quanto por mulheres a partir de 35 anos com risco elevado. Depois dos 50 anos de idade, o indicado é que esse exame seja realizado semestralmente por todas as mulheres, com ou sem histórico familiar. 

3. Mudanças de hábito salvam vidas 

O câncer de mama pode sim ser hereditário, mas também há o desenvolvimento da doença de forma ocasional, o que significa que qualquer mulher está sujeita à doença, ainda que não tenha nenhum histórico familiar. 

Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, publicado no site do INCA, aponta a direta relação entre nutrição, realização de atividade física e prevenção de câncer. 

Da mesma forma que a utilização inadequada de recursos do mundo online pode te expor ao maior risco de um ataque virtual, nossos hábitos de vida podem ser determinantes para as chances de desenvolvimento do câncer de mama.

Nessa perspectiva, o desenvolvimento de hábitos saudáveis, cujo incentivo está tão em alta nos tempos atuais ante todos os benefícios já conhecidos a nível de saúde corporal, mental e psicológica, também é de fundamental importância na prevenção da doença que contabiliza o maior número de mortes entre as mulheres. 

Não são repetitivas recomendações de uma alimentação equilibrada, prática constante de atividades físicas, acompanhamento nutricional para redução da gordura corporal, bem como redução do consumo de bebidas alcoólicas e do tabaco.

A proteção é possível!

Considerando os três pontos listados acima, a resposta que todos esperávamos: é sim possível se proteger do câncer de mama. 

A proteção que está a nosso alcance não garante a não incidência da doença, mas nos oportuniza diminuir os fatores ocasionais que possam gerar a doença e ampliar imensamente as possibilidade de cura ante um diagnóstico positivo. 

O que é visto, é lembrado

Este é o principal motivo pelo qual o lacinho rosa existe e também o motivo pelo qual compartilhamos as informações deste post com você: lembrar do que é essencial. 

Não deixe que a correria do dia a dia e as preocupações da rotina tirem o seu foco do que realmente importa na vida: sua saúde e a saúde de quem você ama. 

Aqui na Avant, por sermos representantes oficiais dos principais softwares de segurança da atualidade, somos especialistas em proteção. 

Neste Outubro Rosa, não poderíamos ficar de fora da maior campanha de proteção contra o câncer de mama do mundo. Aproveite os lacinhos rosas e as informações que te foram dadas neste post e não deixe para depois o que é prioritário. Examine-se! Proteja-se!

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
× Whatsapp